Numa abordagem mais preventiva, desde 2012, a Delegação de Lisboa desenvolve um conjunto de estratégias que visam igualmente promover a saúde mental de quem decidiu apoiar os projectos dinamizados pelos irmãos S. João de Deus: desde sessões de sensibilização, de aprendizagem de informática, de partilha de conhecimentos de crochet e tricot, caminhadas pela freguesia, visitas a museus, reforçando as redes sociais, o sentido de pertença e a auto-confiança das pessoas mais velhas.

O programa Somos Por Si é um dos exemplos de prevenção específica, tratando-se de um programa de envelhecimento activo, focado na estimulação cognitiva, contrariando as situações de isolamento. Todos os dias contactamos pessoas que se encontram mais sozinhas e, algumas, sós, para saber se está tudo bem e se podemos ajudar. Todos os dias damos os bons dias a alguém que está mais distante e que não consegue deslocar-se por si. Também damos abraços fortes e sentidos e escutamos as histórias que têm para nos contar, partilhando outras. As actividades são feitas com a pessoa e nunca pela pessoa. Incentivamos e respeitamos a autonomia de cada um, acreditando que estamos a fazer a diferença na vida de alguém.

A energia é positiva e move pessoas, que vão passando a palavra, que se vão inscrevendo nas actividades, umas gratuitas, outras com um valor simbólico, outras solidárias com a causa da saúde mental, em Portugal, em Timor-Leste, Brasil e Moçambique.

Fevereiro foi mês de Carnaval, celebrado 40 dias antes da Páscoa, desde o século XI. No dia 23 de Fevereiro organizámos o Lanche Solidário de Carnaval: foi um momento de encontros, de conversas, de máscaras, de desfile, de música e boa disposição. Para alguns foi um tempo para estar com o outro, para combater a sua depressão. Para fazer um esforço para perceber as coisas boas da vida, para encontrar algo para rir, para contrariar a inércia, para se envolver com os outros, para aliviar o humor.

São estas actividades que permitem cuidar do corpo e da mente e podem constituir um bom ponto de partida para a mudança, para a acção.

Em Março, vamos dinamizar mais um encontro a que chamamos de Chá da Hospitalidade, com o mote que o chá é um símbolo da hospitalidade que oferecemos a quem gostamos e quando bem feito conquista o paladar e a espiritualidade! São todos e todas bem-vindos!